• 09/01/2018
  • Kazuo
  • Underground

Immortal: novo álbum finalizado

O norueguês Immortal confirmou na última segunda-feira que seu novo álbum de estúdio já foi finalizado. O título do registro ainda não foi revelado, mas o full lenght sairá pela gravadora Nuclear Blast, e foi produzido pelo sueco Peter Tägtgren, líder do Hypocrisy.

O Immortal está oficialmente reduzido ao duo Demonaz (voz/guitarras) e Horgh (bateria, Hypocrisy). Nos últimos anos a banda lidou com os problemas decorrentes da saída de Abbath Doom Occulta (guitarra/voz), que lançou-se em carreira solo com sua banda Abbath em 2014.

Demonaz e Horgh (Foto: Hakon Grav/divulgação)

Segundo a banda informou via redes sociais oficiais, o baixo foi gravado pelo próprio produtor Peter Tägtgren, sendo que as gravações ocorreram em seu Abyss Studios na Suécia. Peter vinha acompanhando o Immortal em seus álbuns mais recentes, incluindo-se “All Shall Fall”, seu último registro de inéditas lançado em 2009.

O novo álbum do Immortal terá oito faixas. O tracklist será formado pelas canções “Northern Chaos Gods”, “Into Battle Ride”, “Gates to Blashyrkh”, “Grim and Dark”, “Called to Ice’, “Where Mountains Rise”, “Blacker of Worlds” e “Mighty Ravendark”.

Após a saída de Olve “Abbath” Eikemo, Harald “Demonaz” Naevdal assumiu as rédeas do Immortal. Membro fundador do conjunto, Demonaz nunca se desligou do line up, porém viu-se obrigado a se afastar da função de músico, devido a problemas de saúde deflagrados no fim dos anos 1990, época do disco “At the Heart of Winter” (1999).

Ícone do black metal norueguês da primeira metade dos anos 1990 ao lado de nomes como Emperor, Satyricon, Burzum e Mayhem, o Immortal obteve grande (e improvável) respaldo comercial na virada dos anos 90 para os anos 2000. Isso sem recorrer a orquestrações e sonoridades amenas.

No início de 2016 já haviam indícios de que o novo registro do Immortal tinha sido finalizado, algo que com certeza atrasou.

+ Immortal

Para ler mais sobre os problemas do Immortal após a saída de Abbath, clique aqui!

- Siga o Playback FC no Twitter @PlaybackFC

Comentários